GRUPO DE AJUDA

GLOBALSAT

VISION SAT

MAXFLY

Z + IPTV

SUPERTV

Mini PC 2U

LOGIN CS

CS Barato Claro

CS SAT BRASIL

TELECS

CS CHICO

NILTON CS

FUSION CS

100 MELHORES

CS TIAGO PIRES

ANUNCIE AQUI !!!!

RECEBA ATUALIZAÇÕES POR EMAIL

RECEBA ATUALIZAÇÕES POR EMAIL:

EQUIPE / AZDIGITALTV.COM

SpaceX lança seus primeiros satélites de banda larga para testar rede Starlink - 22/02/2018

17:37:00 |


SpaceX lança seus primeiros satélites de banda larga para testar rede Starlink - 22/02/2018




A SpaceX está acostumada a transportar carga até o espaço, mas seu lançamento mais recente teve algo de especial. Ela está dando os primeiros passos para cobrir a órbita da Terra com satélites de internet rápida e com baixa latência.
O foguete Falcon 9 foi lançado a partir da Base da Força Aérea de Vandenberg, na Califórnia. Ele levou dois satélites experimentais de órbita não-geoestacionária, apelidados Tintin-A e Tintin-B (também conhecidos como Microsat-2A e Microsat-2B).
Eles serão usados na primeira fase de testes para criar a Starlink, uma rede global de internet via satélite. Segundo Elon Musk, o Tintin-A e o Tintin-B foram ativados e estão se comunicando com bases terrestres.
A SpaceX planeja ter 4.425 satélites até 2024, fornecendo conexões de até 1 Gb/s com latência de até 25 milissegundos. O custo previsto para essa rede de satélites é de US$ 10 bilhões.
Elon Musk planeja utilizá-la como uma fonte adicional de receita para a SpaceX, para financiar projetos como futuras missões a Marte.
O foguete Falcon 9 também levou o PAZ, um satélite de observação de radar com mais de 1 tonelada. Ele consegue gerar imagens de alta resolução da superfície da Terra, mesmo com nuvens cobrindo o solo; e pertence ao governo da Espanha.
O lançamento estava previsto inicialmente para o último sábado (17), mas a SpaceX queria testar a carenagem que protegeria o satélite PAZ. Ele foi reagendado para a quarta-feira (21) mas, devido a ventos fortes, só ocorreu nesta quinta (22) de manhã.
Pela primeira vez, a SpaceX tentou recuperar uma das carenagens que protegia a carga levada no foguete. A peça custa cerca de US$ 6 milhões, então seria interessante reutilizá-la no futuro.
A carenagem se separa do foguete cerca de três minutos após o lançamento, e pode ser guiada pela SpaceX até uma base no oceano. No entanto, ela cai do espaço “a cerca de oito vezes a velocidade do som”, segundo Musk.
A peça despencou no oceano “a algumas centenas de metros” do navio que iria recuperá-la, e aparentemente não sofreu danos.

FONTE : TECNOBLOG


CURTA E COMPATILHEM EM NOSSAS REDES SOCIAIS !!!


GOOGLE + 


FANPAGE 


TWITTER


CLIQUE AQUI

GRUPO DO FACEBOOK

CLIQUE AQUI

GRUPOR TOCOMSAT BRASIL

CLIQUE AQUI

COMUNIDADE DO GOOGLE +

CLIQUE AQUI

CADASTRE E RECEBA ATUALIZAÇÕES EM SEU EMAIL !!!:




CADASTRE E VERIFIQUE NA LIXEIRA DE SEU EMAIL !!


0 comentários:

Postar um comentário